Aconteceu nesta quarta-feira, 26 de maio, o debate e lançamento da pesquisa A Educação Profissional e Você no Mercado de Trabalho. O estudo, coordenado pelo professor Marcelo Neri, do Centro de Políticas Sociais da FGV-RJ, apresentou dados sobre o valor que o mercado de trabalho dá à educação formal e profissional. Trata-se de mais um produto da parceria entre o Instituto Votorantim e a Fundação Getúlio Vargas que já resultou em estudos e pesquisas anteriores de grande interesse.

O evento foi realizado no Museu de Arte Moderna de São Paulo, no Parque do Ibirapuera e entre os participantes estavam: Carla Carrochano, assessora da ONG Ação Educativa; Almério Araújo, coordenador de ensino médio e técnico do Centro Paula Souza; Marcelo Feres, coordenador geral de regulação e supervisão da SETEC do Ministério da Educação; e Rafael Gioielli, gerente de desenvolvimento sociocultural do Instituto Votorantim.

A parceria entre o CPS da FGV e o Instituto Votorantim já rendeu outros estudos importantes. No ano de 2008, Marcelo Neri desenvolveu uma análise sobre o índice de positividade da população em relação ao futuro. A pesquisa mostrou o jovem brasileiro como o mais otimista do mundo quanto às expectativas futuras. A investigação comparou a amostra de pesquisados no Brasil com outros 131 países.

Outro estudo, realizado com o apoio do Instituto em 2009, avaliou os efeitos da educação no salário do trabalhador brasileiro. A pesquisa concluiu, entre outros aspectos, que uma trajetória escolar interrompida na juventude impacta negativamente a entrada e permanência do jovem no mercado de trabalho.

Nesta nova pesquisa, Marcelo Neri retomou os estudos anteriores e trouxe indicadores sobre juventude, educação profissional e mercado de trabalho.

Conheça a pesquisa na íntegra: A Educação Profissional e Você no Mercado de Trabalho.

 

Fonte Notícias: Instituto Votorantim